Tumblelog by Soup.io
Newer posts are loading.
You are at the newest post.
Click here to check if anything new just came in.
quiltraft81

Pensata, Por Rodrigo De Almeida

"Ainda Há espaço Pra Piorar Mais Antes De Melhorar", Diz Novo Gestor Do Brasil Plural


SÃO PAULO - O Brasil está no meio de teu período de crise econômica e só precisará esboçar uma reação mais clara entre o fim de 2016 e o início do ano seguinte. Convidado em julho pra ser o novo gestor de mercados globais da asset do banco Brasil Plural, Maurício Junqueira visualiza um episódio muito mais adverso no plano global com a desaceleração chinesa e a subsequente queda dos preços das commodities. Junqueira. Pra ele, cada movimento negativo no quadro geral tende a vir do lado político, no entanto dependerá de novos acontecimentos.


O novo gestor do Brasil Plural acredita que os próximos 2 meses serão decisivos pra descrição de qual contexto irá se sobrepor - o do impeachment da presidente Dilma Rousseff seria menos viável, mas não com probabilidade miserável. No tempo em que nada disso ocorre, a recomendação é assumir posições mais leves, apesar de o episódio puramente econômico apresente um pouco mais de clareza - mesmo não sendo aquele que o mercado adoraria de ver de perto. Para 2015, o especialista espera retração de 2% ou mais no Objeto Interno Bruto, movimento acompanhado com menos força no ano seguinte, quando é projetado funcionamento entre 0% e -1%.


Maurício Junqueira reforça, desde julho, Melhores Cursos para Concursos https://www.concurseirosocial.com.br/melhor-curso-para-concurso/ de gestão da macro asset do Brasil Plural, comandada por Leonardo Breder, sócio e responsável pelo renda fixa. Com mais de 18 anos de experiência em gestão de mercados, atuou em corporações como Lentikia Capital, BTG Pactual e Banco Cacique. Em 2010, foi um dos fundadores da Squanto Investimentos, e, 2 anos depois, da Tese Investimentos.


Junqueira possui mestrado em Economia na University of Grenoble (França) e MBA em Economia do Setor Financeiro na USP (Escola de São Paulo). InfoMoney - Pra começar, amaria que o senhor falasse um pouco de que forma foi esse modo que culminou no seu ingresso à equipe do Brasil Plural. Maurício Junqueira - Sou de São Paulo, porém de imediato estava no Rio de Janeiro há 3 anos, no momento em que vim pra desenvolver outra asset, chamada Tese Investimentos, com meu sócio Francisco Pinto.


Foi uma mudança muito rápida.

Em junho deste ano, resolvemos separar a população, pensando que nossos estilos de gestão não estavam combinando. Eu prontamente tinha um contato que show hein com o pessoal do Brasil Plural. Foi uma alteração muito rápida. Em menos de duas ou 3 semanas, neste instante estava nesse lugar. 12 Cursos Do Senai Gratuitos E Com Certificado casaram bem os interesses do pessoal da gestão com o que eu vinha fazendo nos últimos anos. Nos primeiros 10 anos da minha carreira, fiquei muito focado na divisão dos mercados de renda fixa e câmbio no Brasil. Depois, a começar por 2008, comecei a focar em mercados internacionais. Foi a época em que fui trabalhar em um hedge fund em Londres.


Dei até sorte, visto que foi bem no período mais agudo da decadência. Pude viver uma cota bem interessante da história dos mercados. MJ - A sorte foi estar em Londres, no meio daquela desorganização dos mercados. Pela hora, foi muito intenso, contudo parabéns. A gente conseguiu ter um desempenho muito bacana durante toda a incerteza e pela saída dela também. 5 Dicas Pra Atravessar NO TJ/PE (FOCADO Pela BANCA IBFC) uma experiência incrível.


A partir deste momento, foquei minha gestão nos mercados internacionais. Primeiro, olhei mais pros emergentes, grandes pares do Brasil. Durante o tempo, passei a visualizar países fabricados: EUA, Europa, Japão, Reino Unido. No começo, foi mais renda fixa, moedas e um tanto da fração direcional de bolsas (índices), sem entrar no micro de ações e corporações. Este hedge fund em que trabalhava fundiu com o BTG Pactual, onde trabalhei por mais um ano. Depois, voltei para o Brasil e saí com um dos principais sócios para construir uma asset em São Paulo - a Squanto Investimentos, em 2012. Apesar da volta, continuei fazendo o serviço de acompanhamento desta divisão de global macro.


Visualizando para os últimos cinco anos, acho que renda fixa e moedas são 80%/90% do que eu olho e faço. A parte de bolsa é menos presente, porém continuo fazendo novas apostas, desde que com uma história macro por trás. Melhores Cursos para Concursos em que passei por Lentikia, BTG e Squanto, também tive a chance de assimilar sobre commodities. Brasileiro Pesquisa Novas Espécies Em Grãos De Areia Da Praia . As http://www.concursosable.org/?s=concursos de ativos hoje estão muito interligadas. Pra você operar moeda, é essencial saber o que está acontecendo com commodities, renda fixa, bolsa. IM - Qual é o grande estímulo que o senhor enxerga nessa nova fase de sua carreira, no Brasil Plural?




MJ - Algo que me atraiu bastante nas primeiras conversas e desse primeiro mês foi propriamente a característica da equipe que trabalha por aqui e a infraestrutura da corporação. É tudo muito promissor. Para mim, foi um timing excelente para a mudança. Pessoalmente, acredito que de imediato seja a consolidação de tudo que adquiri de experiência até nesse lugar.


É poder ajudar nesta quota de gestão macro e amadurecer junto com a empresa. Sinto-me muito à desejo para continuar fazendo o trabalho que fiz nos últimos anos. IM - Em Londres, o senhor pegou o olho do furacão da recessão de 2008/2009. Neste instante, no Brasil Plural, enfrenta o começo de um estágio mais abalado pra economia brasileira.


Tags: clique neste

Don't be the product, buy the product!

Schweinderl